DIREITOS HUMANOS, INCLUSÃO E ACESSIBILIDADE LINGUÍSTICA PARA AS PESSOAS SURDAS: O ESTADO DA ARTE NA ÁREA JURÍDICA

  • EDUARDO FELIPHE ALMEIDA DOS SANTOS
  • DULCILENE SARAIVA REIS

Resumo

O objetivo deste estudo foi fazer um levantamento bibliográfico sobre as pesquisas que tiveram como tema a área do Direito e as Pessoas Surdas na esfera da produção científica brasileira, questionando se e como são realizadas pesquisas por operadores do Direito. A metodologia utilizada foi a sondagem atualizada da revisão bibliográfica de textos publicados de 2014 até 2020 sobre a temática, levando em consideração os textos escritos por operadores do Direito. Elaborou-se uma busca metódica de estudos, sendo estes artigos, TCC’s, livros e escritos em geral nos bancos de dados dos periódicos Capes, SciELO e Google Schollar, a partir da utilização de descritivos. Analisou- se os trabalhos pelo título e quando incertos, pelos seus resumos, chegando a serem selecionados no final 14 documentos. A pesquisa apontou a carência de discussão técnico-jurídica sobre o assunto e os equívocos de análises feitas pelos especialistas. Observou-se o desinteresse e falta de conhecimento do âmbito jurídico para debater sobre as garantias legais e constitucionais das pessoas surdas. Os resultados demonstram a necessidade de uma postura mais ativa da comunidade acadêmica, como também a curiosidade em conhecer o público destinatário das Políticas Públicas como meio para garantir a eficácia jurídica das disposições legislativa. Em síntese, o trabalho busca estimular os discentes a frutificar o campo teórico para que possam transformar todo o corpo social.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
25-05-2021
Como Citar
SANTOS, E. F. A. D., & REIS, D. S. . (2021). DIREITOS HUMANOS, INCLUSÃO E ACESSIBILIDADE LINGUÍSTICA PARA AS PESSOAS SURDAS: O ESTADO DA ARTE NA ÁREA JURÍDICA. JusFARO, 2(2). Recuperado de https://revistas.faro.edu.br/JUSFARO/article/view/401