CURVA DE ABSORÇÃO EM SEMENTES DE CORAÇÃO DE NEGRO (Poecilanthe parviflora Benth.) PARA TRÊS GRUPOS DE TAMANHOS DE SEMENTES

  • Michele Fontenele Sampaio FARO/IJN
  • Camila Andrade Silva FARO/IJN
  • Hinara Cordeiro Costa FARO/IJN
  • Aline Aparecida Smychniuk da Silva FARO/IJN
  • Fabio Renato Marques FARO/IJN

Resumo

Poecilante parviflora Bentham é uma espécie arbórea de aspecto vistoso, extremamente
ornamental com ampla ocorrência no Brasil, sendo empregadas em ambientes para recuperação de
áreas degradadas devido características especificas, além do uso em composições paisagísticas. Esta
pesquisa teve por objetivo determinar a curva de absorção de água nos diferentes tamanhos de
sementes de Poecilante parviflora Benth. O experimento foi conduzido no Laboratório de Análise de
Sementes Florestais da Faculdade de Rondônia – FARO, o processo de embebição das sementes foi
avaliado no período de: (1, 2, 3, 4, 6, 9, 24, 31, 48, 72, 96, 120, 144 horas) a 25º C, utilizando cinco
repetições de 10 sementes. O delineamento estatístico utilizado foi inteiramente casualizado e as
médias formam comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Conclui-se que as sementes
de Poecilante parviflora seguem um padrão trifásico de embebição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBUQUERQUE, Keline Sousa. Aspectos fisiológicos da germinação de sementes de

sucupira preta (Bowdichia virgilioides Kunth.) 2006. 101 f. Dissertação (Mestrado em

Agronomia Fitotecnia), Universidade Federal de Lavras, Lavras-MG, 2006.

ARAUJO, et al. Curva de absorção de água em sementes de Pinhão Manso

(Jatropha curcas L.). Revista Idesia, Chile, v. 32, n. 2, Marzo-Mayo, 2010.

BECKERT, Osmar; MIGUEL, Marcelo; FILHO, JÚLIO. Absorção de água e potencial

fisiológico em sementes de soja de diferentes tamanhos. Scientia Agricola, v. 57, n. 4, p.

-675, out./dez. 2000.

BEWLEY, J. D.; BRADFORD, K. J.; HILHORST, H. W. M.; NONOGAKI, H. Seeds:

physiology of development, germination and dormancy. Nova York: Springer, 2013.392 p.

CALERO, E.; WEST, S.H.; HINSON, K. Water absortion of soybean associated causal

factors. Crop Science, v. 21, p. 926-933, 1981.

CARVALHO, N. M. Vigor de sementes. In: Cicero, S. M.; Marcos

Filho, J.; Silva, W. R. (coord.). Atualização em produção de sementes. Campinas:

Fundação Cargil, 1986.

CARVALHO, Nelson; NAKAGAWA, João. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 5. ed.

Jaboticabal: FUNEP, 2012. 590 p.

CARVALHO, P. E. R. Espécies arbóreas brasileiras. Brasília, DF: Embrapa Florestas,

p. 407-411.

CRUZ, C. D. Programa genes – estatística experimental e matrizes. 1. ed. Viçosa: Editora

UFV, 2006. 285 p. v. 1.

GARCIA, S. Q.; DINIZ, I. S. S. Comportamento germinativo de três espécies de Vellozia da

Serra do Cipó, MG. Acta Botanica Brasileira, Minas Gerais, 28 de mar. 2003.

Disponível em:

<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010233062003000400001>

Acesso em: 20 de set. 2014.

LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas

nativas do Brasil. Nova Odessa: Ed. Plantarum, 2002. p.185.

MARCOS-FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. Piracicaba: FEALQ,

p. 432.

MASCARENHAS, et al., Realização da curva de embebição para avaliação do tipo de

dormência em sementes de Mucuna Preta (Stizolobium aterrimum). In: Seminário de

Iniciação Científica da UNIFENAS, 3., Alfenas, 2004.

MACIAEL, Gabriel Mascarenhas, et al., Avaliação do índice de velocidade de germinação

(IVG) em sementes de Mucuna Preta (Stizolobium aterrimum) submetidos a diferentes

tratamentos para superar a dormência. In: Seminário de Iniciação Científica da

UNIFENAS, 3., Anais... Alfenas, 2004. Disponível em: <http://www.unifenas.br/pesquisa/semic/iiisemic/anais/trab/Agronomia/resumos/agro6.PDF>.

Cesso em: 20 set. 2014.

SMIDERLE, Oscar; LIMA, Juliana; PAULINO, Pollyana. Curva de absorção de água em

sementes de Jatrophacurcas L. com dois tamanhos. Revista Agro@mbiente On-line, Boa

Vista, v. 7, n. 2, p. 203-208, maio-ago. 2013.

Disponível em: <http://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/101296/1/OSCAR.pdf>

Acesso em: 20 de set. de 2014.

SOUZA, L. et al. Curva de absorção de água em sementes de Mamona. In: Congresso

Brasileiro de Mamona: Energia e Ricinoquímica, 3., Minas Gerais, 2003.

SOUZA, L. et al. Curva de absorção de água em sementes de Mamona. In: Congresso

Brasileiro de Mamona: Energia e Ricinoquímica, 3., 2008, Salvador. Anais... Salvador:

SEAGRI: Embrapa Algodão, 2008. 1 CD-ROM.

Publicado
21-03-2016
Como Citar
Sampaio, M. F., Silva, C. A., Costa, H. C., Silva, A. A. S. da, & Marques, F. R. (2016). CURVA DE ABSORÇÃO EM SEMENTES DE CORAÇÃO DE NEGRO (Poecilanthe parviflora Benth.) PARA TRÊS GRUPOS DE TAMANHOS DE SEMENTES. Revista FAROCIENCIA (ISSN 2359-1846), 3(1), 28-37. https://doi.org/10.36703/farociencia.v3i1.97
Edição
Seção
Artigos