INDICADORES QUÍMICOS DAS ÁGUAS DO IGARAPÉ TRÊS MARIAS NO BALNEÁRIO DO SESC CAMPESTRE NO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO/RO

  • Luciano Pedrosa de Vasconcelos FARO
  • Maximiliano Gonçalves Varjão FARO
  • Arlindo Silva dos Santos FARO

Resumo

O presente estudo teve como objetivo analisar os parâmetros químicos das águas do igarapé Tres Marias no balneário do Sesc campestre, na cidade de Porto Velho/RO. O material a ser analisado foi composto de 06 amostras em 06 pontos previamente distribuídos. A coleta das amostras foi realizada no ponto A situado no início da área da propriedade, do ponto B ao E, foi distribuído no leito do igarapé no interior da propriedade, finalizando no F já na outra extremidade, feito isso, foram encaminhadas ao laboratório de águas da Faculdade de Rondônia – FARO. O prazo decorrido entre a coleta e a análise foi de 45 horas, com temperatura constante. As avaliações  seguiram os parâmetros estabelecidos pelo ministério da Saúde e do Meio Ambiente. Os resultados das variáveis químicas demonstraram índices dentro da normalidade com pequenas alterações conforme estabelecido pela legislação,com exceção do Ferro que apresentou índices de 0,5 mg/L, conclui-se que todos os parâmetros apresentaram resultados satisfatório com exceção do ferro.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Agência Nacional de Águas (ANA), 2005 - Indicadores De Qualidade - Índice De Qualidade Das Águas (Iqa) (http://portalpnqa.ana.gov.br/indicadores-indice-aguas.aspx) - Acesso 22/09/2015

Agência Nacional de Águas (ANA), 2012 - Panorama Da Qualidade Das Águas Superficiais Do Brasil 2012 (http://arquivos.ana.gov.br/institucional/sge/CEDOC/Catalogo/2012/PanoramaAguasSuperficiaisPortugues.pdf) - Acesso 22/04/2016

BRASIL. Resolução CONAMA N° 357, de 17 de março de 2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para seu Enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências. Brasília, DF, 2005. - Acesso 22/09/2015

BRASIL. Portaria M.S. 518, DE 25/03/2004, Norma de qualidade da água para consumo humano. Brasília, DF, 2004 – Acesso 20/04/2016

CAMPOS, Sabrina da Costa, 2015, Análise Dos Parâmetros Físico-Química Do Igarapé Três Marias, Localizado No Sesc Campestre No Município De Porto Velho – RO. (Monografia apresentada ao Curso de Engenharia Florestal da Faculdade de Rondônia - FARO, SABRINA DA COSTA CAMPOS) - Acesso 20/07/2015.

COMPANHIA, DE TECNOLOGIA DE SANEAMENTO AMBIENTAL. CETESB. Relatório de qualidade das águas interiores do estado de São Paulo 2009. São Paulo: CETESB, 2009 (.http://cetesb.sp.gov.br/aguas-interiores/wp-content/uploads/sites/32/2013/11/variaveis.pdf) Acesso 14/03/2016

KOTTWITZ, JANNICE. Avaliação Espacial E Sazonal Da Qualidade Da Água Do Rio Dourados. 2012.

(http://200.129.209.183/arquivos/arquivos/78/MESTRADO-DOUTORADO-CIENCIA-TECNOLOGIAAMBIENTAL/51.%20%E2%80%9CAvalia%C3%A7%C3%A3o%20Espacial%20e%20Temporal%20da%20Qualidade%20da%20%C3%81gua%20do%20Rio%20Dourados%E2%80%9D.pdf) - Acesso 11/01/2016

LIBÂNIO, M. "Fundamentos de tratamento e qualidade de água." (2005): 403-409.

MARTINS, ALESSANDRA DA SILVA. Avaliação Das Águas Superficiais Sob Uso E Ocupação Na Sub-Bacia Do Rio Candeias/Ro-Amazônia Ocidental. 2009. (http://www.pgdra.unir.br/downloads/Alessandra_Carvalho_Dissertacao_2006_2008.pdf) - Acesso 11/01/2016

REBOUÇAS, Aldo da C. Água e desenvolvimento rural. Estudos Avançados, v. 15, n. 43, p. 327-344, 2001. (http://www.scielo.br/pdf/ea/v15n43/v15n43a24.pdf). Acesso 22/09/2015

SIOLI, H.; KLINGE, H. Solos, tipos de vegetação e água na Amazônia. Boletim Geográfico, n.179, p. 146-153, 1964.

VON SPERLING, M. 2005. “Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de esgotos”. Vol. 1, 3a. edição, DESA, Ed. UFMG.

Publicado
21-03-2019
Como Citar
de Vasconcelos, L. P., Varjão, M. G., & dos Santos, A. S. (2019). INDICADORES QUÍMICOS DAS ÁGUAS DO IGARAPÉ TRÊS MARIAS NO BALNEÁRIO DO SESC CAMPESTRE NO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO/RO. Revista FAROCIENCIA (ISSN 2359-1846), 5(1). https://doi.org/10.36703/farociencia.v5i1.311
Seção
4º ENCONTRO DE CIENCIA E TECNOLOGIA