TEORIA DUALISTA DO VINCULO OBRIGACIONAL

  • KELVEN COSTA DE OLIVEIRA FARO
  • ALEX FERNANDES FARO
  • ALEX FERNANDES FARO

Resumo

O Direito das Obrigações é uma disciplina de grande interesse nos meios jurídicos, sendo assim, o presente trabalho estuda os elementos do vínculo obrigacional da teoria dualista, desenvolvida por Alois Brinz no fim do século XIX. Se decompõe em dois elementos: Obrigação (schuld em alemão) e responsabilidade (haftung em alemão). O artigo pretende demonstrar a razão pela qual a teoria dualista é a mais aceita atualmente, como ela surgiu, quais suas finalidades, dentre elas a de salientar os aspectos dinâmicos que o conceito de dever revela, examinando-se a relação obrigacional como algo que se encadeia e se desdobra em direção ao adimplemento. A metodologia aplicada neste artigo se baseia em uma pesquisa que utiliza embasamentos teóricos para explicar o estudo que está sendo levantado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Azevedo, Álvaro Villaça, in Teoria das Obrigações, 8. ed. São Paulo:RT, 2000,

Tartuce Flávio, in Direito Civil, Direito das Obrigações 2, São Paulo Método 2008.

Camargo, J. (15 de Março de 2011). Teorias sobre o vínculo obrigacional. Acesso

em 10 de Outubro de 2017, disponível em Direito Novo:

direitonovobrasil.blogspot.com.br/2011/03/teorias-sobre-o-vinculo-obrigacional.html

Romano, R. T. (Setembro de 2016). Nexum e a teoria dualista. Acesso em 10 de

Outubro de 2017, disponível em JUS: jus.com.br/artigos/52329/nexum-e-a-teoriadualista

Sanches, S. C. (s.d.). Teoria Dualista do Vinculo Obrigacional. Obrigação Teoria

Dualista Monista

Publicado
21-03-2019
Como Citar
DE OLIVEIRA, K. C., FERNANDES, A., & FERNANDES, A. (2019). TEORIA DUALISTA DO VINCULO OBRIGACIONAL. Revista FAROCIENCIA (ISSN 2359-1846), 5(1). https://doi.org/10.36703/farociencia.v5i1.305
Seção
4º ENCONTRO DE CIENCIA E TECNOLOGIA