INVENTÁRIO QUALITATIVO E QUANTITATIVO DOS INDIVÍDUOS ARBÓREOS DE UMA PRAÇA URBANA NO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, ESTADO DE RONDÔNIA

  • Luciano Pedrosa de Vasconcelos FARO
  • Maicom Miranda de Almeida FARO
  • Wrianda conceição bukoski FARO
  • Uilian Lima da Conceição FARO
  • Maicon Diogo Barbosa de Santana FARO
  • Maycon Silva Pinto FARO

Resumo

Este trabalho objetivou avaliar quali-quantitativamente a arborização da Praça Aluízio Ferreira do município de Porto Velho, RO. Para tanto, foi realizado inventário total e observaram-se características físicas, biológicas e fitossanitárias. Foram quantificados 47 indivíduos pertencentes a 6 famílias, distribuídas em 10 espécies. A maior frequência das espécies foi a Parapiptadenia rígida e Triplaris Americana com 68,08% e 8,51% respectivamente. A altura de 5,10 a 10 metros foram a mais representativa, destacando-se a espécie Triplaris Americana como a mais alta, aproximadamente 17 metros e 29,79% dos indivíduos inventariados apresentaram conflitos com a rede elétrica. Em relação ao DAP, as maiores concentrações de indivíduos encontrados foram na 3ª classe de 30,1 a 50 cm, representando 48,93% das espécies. A sanidade esta comprometida em 8,51% dos exemplares, em relação raízes todas as espécimes apresentaram resultados satisfatórios e 29,79% dos indivíduos apresentaram conflitos com a rede elétrica. Conclui-se que a população inventariada necessitam de tratos culturais específico para cada indivíduo, visando a erradicação de conflitos com a rede elétrica e melhoria na qualidade fitossanitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CARVALHO, Paulo Ernani Ramalho. Circular Técnica,58. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Colombo. PR, Novembro, 2002. Disponível em: < https://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/304480/1/CT0058.pdf

,25

,79

,96

- Pres. s/ conflito 1- Pres. s/ conflito 1- Pres. s/ conflito 1- Pres. s/ conflito1- Pres. s/ conflito 1- Pres. s/ conflito1- Pres. s/ conflito 1- Pres. s/ conflito1- Pres. s/ conflito1- Pres. s/ conflito

- Pres. c/ conflito 2- Pres. c/ conflito 2- Pres. c/ conflito 2- Pres. c/ conflito2- Pres. c/ conflito 2- Pres. c/ conflito 2- Pres. c/ conflito2- Pres. c/ conflito 2- Pres. c/ conflito2- Pres. c/ conflito

- Ausente 3- Ausente 3- Ausente3- Ausente3- Ausente3- Ausente3- Ausente

Frequencia %Frequencia %Frequencia %Frequencia %Frequencia %Frequencia %Frequencia %Frequencia %Frequencia %Frequencia %

Classes de Conflito com a Rede Elétrica Classes de Conflito com a Rede Elétrica Classes de Conflito com a Rede Elétrica Classes de Conflito com a Rede ElétricaClasses de Conflito com a Rede Elétrica Classes de Conflito com a Rede Elétrica Classes de Conflito com a Rede ElétricaClasses de Conflito com a Rede ElétricaClasses de Conflito com a Rede Elétrica Classes de Conflito com a Rede ElétricaClasses de Conflito com a Rede Elétrica Classes de Conflito com a Rede ElétricaClasses de Conflito com a Rede Elétrica Classes de Conflito com a Rede Elétrica Classes de Conflito com a Rede Elétrica Classes de Conflito com a Rede Elétrica

Graduado do curso de engenharia florestal da Faculdade de Rondônia – FARO, [email protected];

Graduando do curso de engenharia florestal da Faculdade de Rondônia – FARO, [email protected];

[email protected]; [email protected]; [email protected]

Professor Orientador do Curso de Engenharia Florestal da Faculdade de Rondônia – FARO, [email protected]

Porto Velho – RO, Outubro de 2017.

LORENZI, Harri, 1949. Árvores brasileiras: manual de identificação cultivo de plantas arbóreas do Brasil, vol. 1 / Harri Lorenzi. — 5. ed. — Nova Odessa, SP : Instituto Plantarum, 2008. LORENZI, Harri, 1949. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil, vol. 2 / Harri Lorenzi. -- 3. ed. -- Nova Odessa, SP : Instituto Plantarum, 2009a. LORENZI, Harri, 1949. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil, vol. 3 / Harri Lorenzi. -- 1. ed. --Nova Odessa, SP : Instituto Plantarum, 2009b.

MAZIOLI, Bruno Collodetti. Inventário e Diagnóstico da Arborização Urbana de dois Bairros da Cidade de Cachoeiro do Itapemirim, ES. 2012, 53 fls (Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento de Ciências Florestais e da Madeira, da Universidade Federal do Espírito Santo) Jerônimo Monteiro, 2012. Disponível em:< http://www.florestaemadeira.ufes.br/sites/florestaemadeira.ufes.br/files/field/anexo/tcc_bruno_collodetti_mazioli.pdf> Acesso em: 09 de ago. de 2016.

MELO, Rafael Rodolfo de; FILHO, José Augusto de lira; JÚNIOR, Francisco. Diagnóstico qualitativo e quantitativo da arborização urbana no bairro bivar olinto, patos, paraíba. Revista eletrônica da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana Depto. De Ciencias Florestais e ISSN 1980-7694, Volume 2, Número 1, 2007.. Disponível em:< http:// http://www.revsbau.esalq.usp.br/artigos_cientificos/artigo13.pdf.> Acesso em: 30 de outubro. de 2016.

PHILIPPI JÚNIOR, Arlindo; MAGLIO, Ivan Carlos. Política e gestão ambiental: conceitos e instrumentos. In: PHILIPPI JÚNIOR, Arlindo; PELICIONI, Maria Cecília Foceis. Educação ambiental e sustentabilidade. Barueri: Manole, 2005. p. 217-56. (Ambiental).

P I LOT TO, J. Rede Verde Urbana: um instrumento de gestão ecológica. 2003. 220 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

REDIN, Cristina Gouvêa et al.. Análise Da Arborização Urbana Em Cinco Praças Do Município De Cachoeira Do Sul, RS. Soc. Bras. de Arborização Urbana REVSBAU, Piracicaba – SP, v.5, n.3, p.149-164, 2013.. Disponível

Graduado do curso de engenharia florestal da Faculdade de Rondônia – FARO, [email protected];

Graduando do curso de engenharia florestal da Faculdade de Rondônia – FARO, [email protected];

[email protected]; [email protected]; [email protected]

Professor Orientador do Curso de Engenharia Florestal da Faculdade de Rondônia – FARO, [email protected]

Porto Velho – RO, Outubro de 2017.

em:<http://www.revsbau.esalq.usp.br/artigos_cientificos/artigo139-publicacao.pdf> Acesso em: 29 Out.

SAMPAIO, André Cesar Furlaneto. Análise Da Arborização De Vias Públicas Das Principais Zonas do Plano Piloto De Maringá-PR. Dissertação de Mestrado Pós-Graduação em Geografia, área de Concentração: Análise Regional e Ambiental. Disponível em <http://sites.uem.br/pge/documentos-para-publicacao/dissertacoes-1/dissertacoes-2006-pdfs/Dissertacao%20Mestrado%20Andre%20Sampaio.pdf> Acesso em: 29 Out. 2016.

SILVA, José Antônio Aleixo da. Principios Básicos de Dendrometria. Recife. Rev. Atualizada por José Imaña Encinas e Otacílio Antunes Santana: Universidade Federal Rural de Pernambuco, Departamento de Ciência Florestal, 1979, p. 66. ISSN 85-87599-24-0. Disponível em: :http://ipef.br/eventos/2014/tume/24_principios_dendrometria.pdf. .> Acesso em: 29 out. 2016.

SIEBERT, Claudia A. F. Arborização Urbana - Conforto Ambiental e Sustentabilidade: O caso de Blumenau – SC. 2000. Disponível em:<http://www.usp.br/nutau/CD/120.pdf> Acesso em: set. de 2016.

Publicado
21-03-2019
Como Citar
de Vasconcelos, L. P., de Almeida, M. M., bukoski, W. conceição, da Conceição, U. L., Barbosa de Santana, M. D., & Pinto, M. S. (2019). INVENTÁRIO QUALITATIVO E QUANTITATIVO DOS INDIVÍDUOS ARBÓREOS DE UMA PRAÇA URBANA NO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, ESTADO DE RONDÔNIA. Revista FAROCIENCIA (ISSN 2359-1846), 5(1). https://doi.org/10.36703/farociencia.v5i1.299
Seção
4º ENCONTRO DE CIENCIA E TECNOLOGIA