MÉTODOS E MATERIAIS SUSTENTÁVEIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

  • GYRLAN DA SILVA MATOS
  • MARIANALARISSE DE SOUSA REIS
  • MESSIAS NICOLAS FERREIRA DE LIMA
  • NAYARA VITÓRIA GUEDES DA ROCHA
  • TAÍSSA GONÇALVES DE CASTRO
  • PAULA FERNANDA PIO MACÊDO BENARROSH

Resumo

No presente estudo, pretende-se mostrar de maneira simples e de fácil compreensão novos métodos e matérias sustentáveis, afim de conscientizar e mostrar todas as vantagens que o desenvolvimento sustentável nos trás, para que a sociedade possa se desenvolver de modo sustentável, tendo como consequência diversos benefícios que esse tipo de construção pode proporcionar.A evolução da humanidade gerou uma extração de recursos despreocupada e a criação e utilização de elementos que são prejudiciais à natureza. Tendo em vista esses males que o desenvolvimento humano desajustado causa, levando em conta que a construção civil teve e ainda tem uma grande relação com esse desenvolvimento não sustentável. Percebido esse dano à natureza desse setor, houve a criação de inovações que visam a diminuição de problemas causados, além de economia em outras questões, como da água. Essa pesquisa foi realizada através de referências onde houve o embasamento teórico. As inúmeras pesquisas realizadas resultaram em uma grande absorção intelectual na área de sustentabilidade na construção civil, que estão a dispor no artigo. Ao fim é possível compreender todas as vantagens e benefícios de um desenvolvimento com base na sustentabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Alves,W. C.: Zanella,Luciano: SANTOS, M. F. L. Sistema de aproveitamento de águas pluviais para usos não potáveis. Disponível em: <http://techne.pini.com.br/engenharia-civil/133/artigo286496-6.aspx>. Acesso em: 14 de maio 2016.

ARASAKI, Thiago H. Materiais de construção sustentáveis. Disponível em: http://blog.giacomelli.com.br/2011/12/14/materiais-de-construcao-sustentaveis/>. Acesso em: 15 de maio 2016 às 08h14m.

BARRAL, Welber; FERREIRA, Gustavo Assed. Direito Ambiental e Desenvolvimento. Florianópolis: Fundação Boiteux, 2006.

Bazzo, Walter António; PEREIRA, Luiz Teixeira do Vale. Introdução à engenharia: conceitos, ferramentas e comportamentos. Florianópolis : Ed. da UFSC, 2006.

BONFIM, Isabel Paganine. 7 Benefícios dos prédios sustentáveis. Disponível em: < http://www.cbic.org.br/sala-de-imprensa/noticia/7-beneficios-dos-predios-sustentaveis>. Acesso em: 14 de maio 2016.

Disponível em: <http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/urbanismo-sustentavel/constru%C3%A7%C3%A3o-sustent%C3%A1vel>. Acesso em 25 de maio de 2016.

Disponível em: <https://nacoesunidas.org/acao/meio-ambiente/>. Acesso em: 01 de jun. 2016.

ELMOR, Silvia. Concreto Reciclado. Disponível em: <http://cimento.org/concreto-reciclado/>. Acesso em 14 de jun. 2016.

FERREIRA, Ana Paula Alves. Sustentabilidade, o reuso da água na construção civil. Disponível em: <http://www.webartigos.com/artigos/sustentabilidade-o-reuso-da-agua-na-construcao-civil/100638/>. Acesso em: 29 de maio 2016.

FRAMAG. Você sabe como é realizada a reciclagem do concreto?. Disponível em: <http://www.pensamentoverde.com.br/reciclagem/voce-sabe-como-e-realizada-reciclagem-concreto/>. Acesso em: 10 de jun. 2016.

FREITAS, Eduardo.Protocolo de Kyoto: O protocolo de Kyoto foi implantado efetivamente em 1997, quando metas de redução da emissão de gases poluentes foram estabelecidas. Disponível em:<http://brasilescola.uol.com.br/geografia/protocolo-kyoto.html>. Acesso em: 28 de março 2016.

HENDGES, Antonio Silvio. Saiba mais: Fibras vegetais, artigo de Antonio Silvio Hendges. Disponível em: < https://www.ecodebate.com.br/2010/07/28/saiba-mais-fibras-vegetais-artigo-de-antonio-silvio-hendges/>. Acesso em: 15 de maio 2016.

KATS, Greg. Tornando nosso ambiente construído mais sustentável: custos, benefícios e estratégias. Estados Unidos da América: Island Press, 2009. Secovi - SP, 2013.

LOSCHIAVO, Rafael. Telhas de Caixa de Leite. Disponível em:<http://www.ecoeficientes.com.br/telhas-de-caixas-de-leite/>. Acesso em: 26 de maio 2016.

RILLO, Joaquin. Viabilidade econômica do resíduo da água na construção civil.Fonte: engenharia.anhembi.br/tcc06/civil-18.pdf acessado em 25 de maio de 2016 às 20h16m.

SIMIONI, W. I.; GHISI, E.; GÓMEZ L. A. Potencial de Economia de Água Tratada Através do Aproveitamento de Águas Pluviais em Postos de Combustíveis: Estudos de Caso. CLACS’ 04 – I Conferencia Latino-Americana de Construção Sustentável e ENTAC 04, - 10º Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, São Paulo - SP, Anais. CD Rom, 2004.

Publicado
02-06-2017
Como Citar
MATOS, G. D. S., REIS, M. D. S., LIMA, M. N. F. D., ROCHA, N. V. G. D., CASTRO, T. G. D., & BENARROSH, P. F. P. M. (2017). MÉTODOS E MATERIAIS SUSTENTÁVEIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL. Revista FAROCIENCIA (ISSN 2359-1846), 4(1). https://doi.org/10.36703/farociencia.v4i1.164
Seção
Anais do III Encontro de Ciência e Tecnologia