ECOVILAS: ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS FUNDAMENTAIS

  • David Onezio Moraes
  • Ítalo Honorato de Souza Alves
  • João Vitor Martins de Oliveira
  • Natália Severino de Oliveira
  • Tallynne Gabryelle Nobre Reis
  • Paula Fernanda Pio Macêdo Benarrosh

Resumo

Este ensaio científico busca apresentar por meio de uma pesquisa filosófica bibliográfica uma análise das características fundamentais sobre o tema ecovilas nos seus diversos aspectos, tais como: sociais, econômico, organizacional, e por fim fazendo uma breve demonstração de como se constrói uma ecovila e assim demonstrar o fundamento principal das ecovilas no âmbito mais atual como, por exemplo, a questão eco sustentável. Realizou-se uma pesquisa bibliográfica sobre o tema onde se fez uma abordagem de pontos relevantes em uma contextualização histórica das ecovilas desde o princípio, quando começaram a ser concebidas e elaboradas, até nos dias atuais. Portanto, esse trabalho investigativo teve como conclusão que as ecovilas podem ser presumivelmente fortes promessas de alternativa aos assentamentos urbanos no nosso país na era pós-moderna.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BANG, J. M. Ecovillages: Practical Guide to Sustainable Communities. Reino Unido: New Society Publishers, 2005.

BORELLI, F. C. Consumo responsável sob a perspectiva prático retórica: um estudo etnográfico em uma ecovila. Disponível em: <http://www.coppead.ufrj.br/upload/publicacoes/Tese_Fernanda_Borelli.pdf>. Acesso em 28 de mar. 2016.

BUENO, Marcelo. Ecovila: Guia de Planejamento de Ecovilas. Apostila de Guia de Planejamento de Ecovilas. Ubatuba, 2005.

BÚRIGO, F. L. Moeda Social e a circulação de riqueza na economia solidária. Chapecó: Rede Commodities, 2002.

CECCHETTO, C. T. et al. Ecovilas e Condominios Ecológicos como Alternativas na Habitação Sustentável. Revista Interdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão, Cruz Alta, v.2, n.1, 2014.

Cidade Escola Ayni, CULTURA DE PAZ. Disponível em: <http://www.fundacaoayni.org/index.php?m3=1&i=p>. Acesso em 12 de mai. 2016.

Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Nosso futuro comum. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas. 1988.

CONSOLI, N. C.; MILITITSKY, J.; SCHINAID, F. Patologias das Fundações. São Paulo: Editora Oficina de Textos, 2005.

COSTA, André Rosmaninho. Sistema Econômico das Ecovila sob Abordagem da Economia Social. Revista de Gestão Integrada em Saúde do Trabalho e Meio Ambiente, São Paulo, v. 5, n.3, p. 41-48, dez. 2010.

DIAS, F. M.; Rocco, F. A. L. Estimativa de propriedades de resistência e rigidez da madeira através da densidade aparente. Scientia Forestalis. N.65. 102-113p, jun. 2004.

FUSCO, P. B. Os caminhos da evolução da engenharia de madeiras. In: Encontro Brasileiro de Madeira e Estruturas De Madeira - EBRAMEM, São Carlos, São Paulo. v. 6, p. 7-18, 1989.

GARDEN, M. The eco-village movement: divorced from reality. Disponível em: <http://www.inclusivedemocracy.org/journal/pdf%20files/pdf%20vol2/The%20eco-village%20movement.pdf>. Acesso em: 02 de jun. 2016.

GASTALDI, Petrelli J. Elementos de Economia Política. 19 ed. São Paulo: Saraiva, 2006.

GILMAN, Robert. Living Together: sustainable community development. In Context. San Francisco: 1991.

GOMES, Rosemary; MANCE, Euclides André. Construindo a socioeconomia popular e solidária no Brasil. Revista Proposta, Rio de Janeiro, n. 93/94, p. 14-17, jun./nov. 2002.

JACKSON, H., SVENSSON, K. Ecovillages living: restoring the Earth and her people. Reino Unido: Green Books, 2002.

LIMA, W. P. Precipitação. Piracicaba-SP: Notas de aula, 2000.

LINDBERG, Kreg; HAWKINS, Donald. Ecoturismo: um guia para planejamento e gestão. 5. ed. São Paulo-SP, Editora SENAC, 2005.

MILLER, G. T.; SPOOLMAN, S. E. Ecologia e Sustentabilidade. Tradução Ez2translate. 6.ed. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

MOLLISON, BILL. Introdução à Permacultura. Tradução de Cássio P. Octaviani. Florida: Yankee Permaculture, 2001.

PONDÉ, L. F. Guia do Politicamente Incorreto da Filosofia: ensaio de ironia. São Paulo: Leya, 2012.

SANTOS Jr., S. J. Ecovilas e Comunidades Intencionais: Ética e Sustentabilidade no Viver Contemporâneo. Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade, 3., 2006, Brasília. Anais. Brasília, 2006.

SINGER, Paul. Economia Solidária: geração de renda e alternativa ao neoliberalismo. In: Proposta– Revista Trimestral de Debates. São Paulo: FASE, 1997.

SOUZA, Márcia de Andrade Sena. Energia e arquitetura: a importância dos padrões de consumo e produção da sociedade frente ao desafio da sustentabilidade. Conferência Latino-Americana de Construção Sustentável, 1.; Encontro Nacional De Tecnologia Do Ambiente Construído, 10., 2004, São Paulo. Anais. São Paulo, 2004.

TAUILE, José Ricardo; DEBACO, Eduardo Scotti. Autogestão no Brasil: A viabilidade econômica de empresas geridas por trabalhadores. In Economia Solidária. Volume 1. Editora EDUFF. São Paulo: 2008.

THOMAZ, E. Trincas em Edifícios: causas, prevenção e recuperação. São Paulo: PINI, 1989.

Publicado
02-06-2017
Como Citar
Moraes, D. O., Alves, Ítalo H. de S., Oliveira, J. V. M. de, Oliveira, N. S. de, Reis, T. G. N., & Benarrosh, P. F. P. M. (2017). ECOVILAS: ANÁLISE DAS CARACTERÍSTICAS FUNDAMENTAIS. Revista FAROCIENCIA (ISSN 2359-1846), 4(1). https://doi.org/10.36703/farociencia.v4i1.160
Seção
Anais do III Encontro de Ciência e Tecnologia